Receita de sucesso

Mescla de experiência com juventude, melhor ataque e defesa sólida explica bom momento do Americano

Receita de sucesso

Mescla de experiência com juventude, um ataque eficiente e uma defesa sólida explicam perfeitamente a boa fase do Americano e a expressiva sequência de oito vitórias consecutivas na Série B1. No próximo domingo, dia 8 de julho, o Alvinegro coloca à prova esta receita de sucesso na decisão da Taça Santos Dumont diante do Tigres, no estádio Ângelo de Carvalho.

Os números são favoráveis ao time campista, que tem o melhor ataque da competição, com 23 gols marcados, um dos artilheiros (Maikon Aquino, com oito) e uma defesa, que levou apenas sete gols, sendo três apenas na partida de estreia contra o Serra Macaense, quando foi a campo com um time alternativo e dividindo as atenções com a Série D do Brasileiro.

Além das estatísticas, o treinador Josué Teixeira acrescenta nesta receita a mescla entre veteranos e jovens das categorias de base. O elenco tem seus pilares, como o goleiro Luís Henrique, o meia Marquinhos e os zagueiros Admilton e Ramon. E a juventude mostra seu valor com Kadu, Paulo Vítor e Bruno Vianna, estes dois últimos em suas primeiras experiências no profissional.

“Realmente o equilíbrio da equipe vem da mescla da experiência com juventude. A participação dos atacantes na marcação e a compactação da equipe é o motivo da boa defesa. No ataque, as variações de opções de jogadas, possibilita ter vários jogadores em condições de fazer gol”, explicou Josué acrescentando a importância da base.

“Temos jovens jogadores, que estão ganhando experiência neste ano. Gabriel, Gustavo e Paulo Vitor já jogaram até o Brasileiro, Digão no Estadual. Os atletas experientes servem de referência aos mais jovens”.