Herói na superação

Marcos Paulo supera chikungunya, joga menos de dez minutos e marca gol que valeu a liderança

Herói na superação

Nem o melhor roteirista de Hollywood escreveria um roteiro tão dramático e com final feliz para o atacante Marcos Paulo. Uma das principais contratações do Americano, formado nas divisões de base do Grêmio, o jogador conviveu com uma doença séria durante a pré-temporada e estreou somente na terceira rodada da Primeira Fase da Série A do Campeonato Estadual. Mas o pouco menos de dez minutos que esteve em campo contra o Nova Iguaçu foi o suficiente para ser o protagonista.

Marcos Paulo entrou aos 37 minutos do segundo tempo e com 43’ aproveitou rebote de falta cobrada por Espinho para decretar a vitória alvinegra, que colocou o time na liderança da competição com sete pontos, dois a mais que o vice-líder e três sobre o terceiro colocado.

Durante a pré-temporada, o jogador sofreu com chikungunya, perdeu vários treinos e amistosos, além das duas primeiras rodadas da Primeira Fase. Aproveitou o período festivo para intensificar a parte física, ganhou a confiança de Josué Teixeira e logo na primeira oportunidade protagonizou uma vitória importante.

“Estou muito feliz pela estreia, pelo gol e pela minha família estar presente neste momento importante. O gol teve um significado importante por tudo que passei a ainda estou passando, pois ainda convivo com as dores e não estou 100%. Agradeço ao treinador pela oportunidade, mesmo sabendo das minhas condições e feliz por te ajudado nesta vitória importantíssima para atingir o nosso objetivo”, disse o atacante, que é nascido na vizinha São Fidélis, para o site oficial do Americano.

Ainda com Marcos Paulo como opção, o Alvinegro enfrenta o Macaé Esporte nesta quarta-feira, dia 9 de janeiro, no estádio Cláudio Moacyr, às 19h, pela penúltima rodada da Primeira Fase da Série A.